O que é Funil de Vendas?

Saber o que é funil de vendas é essencial para trabalhar bem com Inbound Marketing e fazer com que uma empresa conquiste resultados melhores.

Por isso, cada vez mais empresas interessadas em elevar suas vendas procuram compreender o que é esse conceito.

Então, se você está pensando em melhorar suas vendas, também precisa entender o que é esse funil e como ele pode ajudar seu negócio a atingir suas metas.

Caso você ainda não conheça o funil de vendas, fique tranquilo, vamos te apresentar esse conceito agora!

Funil de Vendas: saiba o que é!

O que é funil de vendas

É um modelo processual que mostra o caminho que o consumidor faz desde o primeiro contato com uma empresa até a realização de uma compra. Ou seja, o funil de vendas mostra a jornada do cliente até ele comprar um produto ou serviço.

Esse funil tem três etapas: topo, meio e fundo. Cada uma dessas fases representa um momento diferente do cliente na jornada e, para cada uma delas, há ações distintas que a empresa ou o empreendedor deve realizar (através do marketing de conteúdo, por exemplo).

Importante ressaltar que o processo de compra de um produto ou serviço não é tão simples.

Imaginemos o seguinte exemplo: você abriu uma loja de cosméticos e fez um anúncio em um outdoor para divulgar. Esse anúncio foi o primeiro contato com seu futuro cliente (topo do funil – consciência) .

Antes de ir até o seu estabelecimento, pode ser que esse consumidor queira saber mais sobre a loja:  ele faz uma consulta no Google, vai até o seu site e se inscreve na sua newsletter (meio do funil, você terá a chance agora de guiar esse consumidor que se transformou numa lead).

Alguns dias se passaram, ele recebeu informações relevantes da sua empresa através de e-mail, resolvendo por fim, comprar na sua loja (fundo do funil: conversão – ele se torna um cliente).

Este é um exemplo simples da jornada do cliente. Vamos continuar dando mais detalhes das fases.

Topo do funil

Essa fase é comumente chamada de etapa da consciência, pois é quando o indivíduo descobre que tem um problema ou uma dor e que essa situação precisa ser resolvida. Ela acontece no primeiro contato que a pessoa tem com uma empresa (em nosso exemplo, ele vê o outdoor e lembra que seu protetor solar acabou ).

Por isso, o trabalho da instituição nesse momento é, além de chamar a atenção, educar o indivíduo, ou seja, fornecer materiais de qualidade que o ajudem a entender o problema que ele enfrenta.

Dessa maneira, ele vai confiar na empresa e voltará sempre que precisar de auxílio. Além disso, haverá uma chance de poder guiá-lo pela jornada e transformá-lo em um lead.

Em nosso exemplo (outdoor), a atenção será ativada, mas não será possível dar mais informações ao indivíduo. Normalmente essa oportunidade é mais comum na internet, através das redes sociais de de um site, por exemplo. Esses são serviços que desenvolvemos aqui.

Meio do funil

Nessa etapa, o indivíduo já admitiu que tem um problema, porém ainda não sabe qual é a melhor maneira de resolvê-lo. O papel da empresa é justamente mostrar para ele boas soluções, desde dicas, técnicas até a compra de um produto.

Voltando à nossa loja de cosméticos, caso ela não tenha um site,  o indivíduo poderá optar por outra empresa que apareça em suas buscas.

Importante refletir: fazer apenas mídia offline (outdoor, como no exemplo) poderá gerar vendas para o seu concorrente (pense sobre isso).

Voltando…

É importante ressaltar que nesse ponto o indivíduo já se tornou um lead, ou seja, já forneceu dados básicos para a instituição em troca de conteúdo (ao assinar a newsletter do site, como em nosso exemplo). Então, ela deve continuar guiando o indivíduo em sua jornada.

Você pode gostar: Se você não investe em estratégias de marketing, será engolido!

Fundo do funil

No fundo do funil, o lead (cadastrado na newsletter) já foi educado e está pronto para decidir se compra um produto/serviço para resolver seu problema. E, como a empresa participou da jornada dele, ele já confia nesse negócio.

Um modelo de Funil de Vendas

A instituição só precisa mostrar que realmente é a melhor opção para solucionar o problema que ele enfrenta. Assim, ele realizará a compra do produto ou serviço e se tornará um cliente da empresa.

Ao trabalhar com um funil de vendas, é possível aproveitar melhor as oportunidades que aparecem, aperfeiçoar a análise de ações e, consequentemente, aprimorar o trabalho em geral para conquistar mais clientes. Por isso, é fundamental trabalhar com esse modelo para vender produtos ou serviços.

E então, o que achou? Consegue compreender como entender a jornada do cliente pode impactar positivamente suas vendas?

Caso precise de ajuda, podemos auxiliá-lo, basta nos chamar pelo chat ao lado! =]

Explore outros Conteúdos

Como impulsionar sua performance digital
Marketing Digital
otoalvarenga@gmail.com

Impulsionando sua performance digital

Ao longo dos anos, a forma de fazer marketing mudou bastante. A internet tomou espaço e se tornou um lugar com muito potencial de vendas.

Tipos de anúncio no Marketing Digital - Marketing X Digital Araguaína/TO
Sem categoria
otoalvarenga@gmail.com

Tipos de anúncios no marketing digital

Os anúncios no marketing digital pode ser uma boa estratégia para impulsionar sua marca. No entanto, é importante conhecer cada tipo e entender em quais